top of page

CHUMBINHO É PURO VENENO SOBRE PASTEL



"É, mas para administrar lá, a pastelaria dele. A prefeitura é completamente diferente". Foi assim, com polêmica, que o ex-prefeito de São Pedro da Aldeia, Cláudio Chumbinho, concluiu a resposta sobre uma avaliação da atual administração da cidade. A pergunta, feita pela jornalista Ana Paula Mendes, foi feita no podcast Verdades com a Ana. São Pedro, às margens da Lagoa de Araruama, na Região dos Lagos, é uma das cidades mais antigas do Rio, com 406 anos. E hoje é comandada pelo empresário Fábio do Pastel, que ganhou popularidade ao administrar com sucesso uma famosa pastelaria. Chumbinho, jogando veneno na massa da política, disse que Fábio do Pastel está com vantagens financeiras, como o aumento da receita de royalties, mas não tem feito uma administração à altura dos recursos que tem. "Ele se perdeu. No início eu achava que era difícil tirar a eleição dele. No início. Com a chegada dos royalties, né, o repasse do governo federal aumentou muito e se ele fosse um gestor mesmo", criticou, dizendo que a cidade precisa de obras urgentes, como pavimentação e saneamento.


"Se você pegar hoje a arrecadação de 2 anos e meio do governo atual e pegar a minha de 8 anos, você vai ver que ele arrecadou 3 vezes mais do que a minha gestão de 8 anos. É um número muito absurdo e ele pegou até empréstimo agora. Hoje eu estava olhando, saiu uma matéria, que ele pegou um empréstimo de R$ 17,5 milhões para pagar em 10 anos, o que sou contra. Quer pegar um empréstimo, que pegue, mas pague dentro do próprio mandato. Vai deixar para o próximo prefeito? Pegou 17 milhões e vai pagar 20 milhões de juros", disse. Chumbinho disse ainda que a folha de pagamento da prefeitura teria passado de R$ 8 milhões na época dele para R$ 16 milhões atualmente.


Cláudio Chumbinho começou na vida pública em 2004 como vereador. Foi presidente da Câmara. E prefeito de São Pedro por duas vezes. A última gestão foi marcada por muitas críticas. Ele justifica com uma série de dificuldades enfrentadas, como a crise do petróleo e a queda abrupta do repasse de royalties. Além de um cenário político desafiador, como a cassação da presidente Dilma Roussef, em 2016, a prisão do ex-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, em 2018 e o afastamento do governador cassado Wilson Witzel, em agosto de 2020. "Era difícil para nós prefeitos irmos para Brasília, para o Rio, articular, né? Toda hora tinha mudança nos ministérios, no governo do estado. A gente não conseguia falar com ninguém", disse. Os problemas financeiros e políticos da última gestão também foram justificativa para Chumbinho quando questionado sobre os problemas mais graves de São Pedro da Aldeia, a falta de pavimentação e saneamento.


A queda na popularidade ficou bem evidente quando Chumbinho tentou chegar à Câmara dos Deputados, em Brasília. "Na última eleição, você foi candidato a deputado federal, mas o desempenho não foi tão bom, né? 3 mil votos. O que aconteceu?", perguntou o jornalista Arnaldo Neto, que também participa do Verdades com a Ana. Chumbinho disse que uma denúncia feita por um candidato adversário terminou com a impugnação da candidatura dele. "Minhas contas foram todas aprovadas. O que me impugnou foi um problema que teve em 2003, antes de ser vereador". Segundo Chumbinho, na época, a Câmara teria contratado um serviço sem licitação. Quando ele assumiu a presidência da Casa, em 2007, foi orientado a cancelar o contrato e fazer uma nova licitação. E ele garantiu que isso foi feito. Mas só conseguiu provar na justiça após as eleições. "Isso foi um impacto muito grande. A oposição começou a bater", explicou.


Chumbinho pode ser considerado um exemplo de superação em São Pedro. Com 8 irmãos, foi criado no bairro da Cruz e vendia picolé nas ruas. Numa empresa de bebidas, passou de office-boy a gestor do setor de informática, graças a um curso feito no Senac. De lá, foi trabalhar na prefeitura, fez contatos e abriu caminho para a política. Está no segundo casamento e vai ser pai de uma menina em fevereiro do ano que vem. Do primeiro casamento, Chumbinho tem outros três filhos já criados. Dois deles, uma dentista e um corretor de imóveis, moram com ele. "Faço tudo em casa. Sou eu que cozinho", disse.


E bem-humorado, relembrou o início na política, em 2004. "Tinha um locutor que gravou pra mim, antes de entrar a musiquinha, né? Ele gravou pra mim. Assim: São Pedro da Aldeia, vamos acabar com os ratos. Chumbinho neles!", contou, às gargalhadas.


O Verdades com a Ana já ouviu o atual prefeito de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel, que rebateu as críticas feitas por Cláudio Chumbinho neste episódio. A entrevista será veiculada no dia 23/11.

88 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page