top of page

"EU JÁ DEI AUTÓGRAFO NO LUGAR DO TITE"



"Eu já dei autógrafo no lugar do Tite", confessou o vereador Carlos Augusto Balthazar, de Rio das Ostras. A declaração não causou muito espanto durante a gravação do podcast Verdades com a Ana, da jornalista Ana Paula Mendes. Carlos Augusto é, realmente, parecido fisicamente com o atual técnico do Flamengo. "Eu estava no aeroporto de São Paulo, quando um jovem se aproximou pedindo um autógrafo, me confundindo com o Tite", contou. "Na hora recusei, mas aí o jovem veio dizendo que eu estava marrento. Com receio de ter um escândalo por ali, dei o autógrafo", disse Carlos Augusto, às gargalhadas. Essa foi apenas uma das histórias que ele contou no programa, uma conversa que fluiu com muita descontração. Só um detalhe: Carlos Augusto é botafoguense e quer o time na liderança do Brasileirão. E não o Flamengo.


Mas Carlos Augusto teve que driblar, logo de cara, algumas "verdades" nesse episódio. Entre elas, a cassação do mandato em 2018. Carlos Augusto era, então, prefeito eleito de Rio das Ostras. Mas a justiça eleitoral entendeu que ela não poderia se candidatar naquela eleição. Em 2008, Carlos Augusto foi acusado de oferecer vantagens em troca de votos, ao participar de uma festa de aniversário da esposa, em uma igreja evangélica. "Tinha um bolo lá, um bolo de padaria, mas entenderam que teria usado essa festa, com comida, pra tentar conseguir votos", explicou. Ana Paula Mendes insistiu. "E pesou?", perguntou a apresentadora. "Claro que sim", respondeu Carlos Augusto. "Na época a legislação era o seguinte: não pode se candidatar por 3 anos, então, a punição foi em 2008. 2009, 2010, 2011 não fui candidato a nada. Aí, em 2016, retroagiram a lei e aumentaram a pena, para 8 anos de punição", detalhou.


Se ocupar a prefeitura fosse considerado um gol, Carlos Augusto já poderia pedir música no Fantástico. Ele comandou o executivo em Rio das Ostras por 3 mandatos e agora, tenta a quarta vitória nas urnas. Também já foi presidente da Câmara por 12 anos seguidos, um feito inédito na política do Rio. E chegou a ser eleito deputado estadual. Mas, agora, tentando marcar mais um gol, o "Tite de Rio das Ostras", precisa segurar bolas velozes, que representam críticas dos adversários políticos. É o caso do atual presidente da Câmara, Maurício BM, que foi entrevistado pelo Verdades com a Ana no episódio passado. Maurício disse que Carlos Augusto teria feito um empréstimo de R$ 200 milhões para obras de saneamento básico nos bairros Cidade Praiana e Cidade Beira-Mar. Intervenções que não teriam resolvido os problemas de alagamentos nos dois bairros. Em resposta, Carlos Augusto disse que foi um investimento e apresentou documentos que, segundo ele, são do Tribunal de Contas do Rio. Esses documentos comprovariam que a obra não apresenta qualquer tipo de irregularidade. "E se somar tudo o que pago até hoje, é muito menos que foi citado", acrescentou.


Sobre a relação com o presidente da Câmara, adversário político declarado, Arnaldo Neto, jornalista que também participa do Verdades com Ana, questionou se há alguma dificuldade de entrosamento. 'De maneira alguma', disse. Sobre o atual prefeito, Marcelino Borba, que apoia a candidatura de Maurício BM, Carlos Augusto foi enfático. 'Neste mandato, o trabalho está deixando a desejar. Ao que parece, ele largou a toalha', disse."


Dificuldade mesmo teria o técnico Tite se adotasse o ritmo de trabalho relatado pelo sócia Carlos Augusto Balthazar. Ele garante que, na prefeitura, trabalha cerca de 20 horas por dia. Confessa que prefere despachar no fim da tarde e à noite. "Até às 17h o telefone não para. Depois desse horário, fica mais tranquilo pra resolver os problemas", contou, com experiência. Vida corrida que está tentando retomar. A esposa, de quase 4 décadas de companheirismo, vai perder a companhia para assistir ao Jornal Nacional. "É uma das coisas que me agrada num rotina mais calma. Sentar com a minha mulher para assistir ao jornal", contou. Carlos Augusto tem um filho e um neto de 15 anos. "Esses dias disse a ele que gostava quando ele tinha 3, 4 anos, porque eu o pegava no colo e saia pra passear. Agora, não posso mais", contou. Acrescentou que o neto tomou a atitude de qualquer adolescente hoje em dia: disse que o amava e voltou para o celular.


Carlos Augusto encerrou, neste ano, as entrevistas com os pré-candidatos de Rio das Ostras. "É uma cidade que te ama muito, Ana", disse Carlos Augusto. "Ainda bem que você mora em Cabo Frio e não tem pretenções políticas. Porque de enfrentar a Ana em Rio das Ostras, eu teria receio", disparou. Bom, em relação a isso, o 'Tite de Rio das Ostras" pode, realmente, ficar tranquilo. Ana Paula Mendes não tem intenção alguma de entrar no jogo da política, além da cobertura jornalística.


8 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page