top of page

FÁBIO DO PASTEL FAZ GOVERNO DE MAQUIAGEM

Bia de Guga, pré-candidata à prefeitura de São Pedro da Aldeia, dispara críticas ao atual prefeito e principal adversário em 2024. Ex-vereadora diz no Verdades com a Ana que chegou a hora das mulheres na politica.



Beatriz Soares Gomes Leite. Esse talvez não seja um nome muito conhecido em São Pedro da Aldeia, município da Região dos Lagos às margens da Lagoa de Aruruama. Mas quando, na cidade, alguém cita a Bia de Guga, aí, sim, a maioria dos 100 mil moradores dirão que a conhecem. Beatriz Soares Gomes, a Bia de Guga, vem de uma família tradicional da politica local e foi candidata à prefeita de São Pedro nas últimas eleições. Ficou em 2º lugar, com 23% dos votos, atrás do prefeito eleito, Fábio do Pastel, estreante na política aldeense.


E quando o assunto no podcast Verdades com a Ana, âncorado pela jornalista Ana Paula Mendes, foi o prefeito Fábio do Pastel, a conversa esquentou. "Eu comparo a um governo de maquiagem. Muito marketing e pouca produtividade", disse Bia de Guga. "Nós vivemos um momento histórico em São Pedro. Nunca se teve tantos recursos para trabalhar", continuou, referíndo-se ao montante em royalties do petróleo que a cidade recebeu nos últimos anos. Segundo Bia, que é pré-candidata à prefeita, os recursos disponíveis para o município mais que dobraram do período quando foi vereadora, entre 2016 e 2020, pra cá. "Eu comparo a saúde financeira do nosso município a alguem que esta na UTI, respirando por aparelhos, sem comando", alfinetou. A pré-candidata critica, principalmente, a falta de investimentos em pavimentação, saneamento e saúde.


O jornalista Arnaldo Neto, que também participa do Verdades com a Ana, questionou Bia sobre outro pré-candidato, que já esteve no podcast. "Bia, você foi vereadora quando Chumbinho estava prefeito. Qual sua avaliação do trabalho dele e como você o projeta como adversário?", perguntou. "Chumbinnho teve a história dele. Mas eu entendo como eu já falei aqui que ciclos iniciam e fecham. Estamos num novo ciclo aqui e agora é a voz de mulher", respondeu Bia.


A ex-vereadora deve levar para a campanha a figura da mulher guerreira. "As pessoas estão muito confortáveis, reclamando de fora, sem querer fazer parte da mudança. E nós mulheres temos um desafio ainda maior, porque temos que vencer muitas barreiras para estar em lugares, não só na política, não só executivo, legislativo, mas também no judiciário. A gente vê uma dificuldade muito grande. Então eu vejo que a gente precisa ser formadoras de opinião e estar no maior no movimento possível de mudança, nos espaços de mudança", disse. Bia é a segunda mulher a ser ouvida pelo Verdades com a Ana como pré-candidata. A primeira foi a atual prefeita de Cabo Frio, Magdala Furtado.


Bia tem 38 anos, é mãe de duas filhas e casada com o ex-vereador Guga de Mica, filho do conhecido vereador Mica, que morreu em 2020, vítima da Covid-19, quando ocupava a presidência da Câmara. Guga de Mica, o Luciano de Azevedo Leite, está inelegível, condenado por crime de falsidade ideológica. Segundo a justiça, em 2012, receitas médicas, autorizações para exames, entre outras irregularidades, foram apreendidas no comitê de campanha dele. Ana Paula Mendes questionou: "Bia vai só figurar como uma pessoa, mas quem vai comandar é o seu marido?". Bia respondeu: "Realmente, venho de uma família tradicional na política. Meu sogro foi vereador por 4 mandatos. Meu marido foi vereador por dois mandatos. Ai veio Bia de Guga. É importante falar sobre isso, porque não é alguem pra substituir, é alguem pra mudar a história. A gente entende que os erros podem acontecer. As falhas podem acontecer. Mas a gente pode mudar a história", disse.


Ana Paula Mendes rebateu: "Se você fala que não é uma substituição, é uma mudança e nosso preâmbulo foi falando sobre a força da mulher, então por que não "Bia de Bia"?". Bem articulada, Bia respondeu: "Porque Bia é família. E eu não posso deixar minha família de lado. Minha família me acompanha". E continuou. "Algumas pessoas questionavam em relação ao nome. Não acho que a gente deva deixar de lado quem é tão importante".


"Como você está se mantendo ativa na política na cidade agora, sem mandato?", perguntou Arnaldo Neto. "Meu sogro antigo, falava um dito que é engraçado: "político sem mantado é igual boi morto, nem carrapato pega", disse, admitindo as dificuldades na disputa contra o atual prefeito Fábio do Pastel. A opção foi investir nas redes sociais, onde Bia tem se mantido mais presente. A pré-candidata também gosta de estar perto dos eleitores e não dispensa uma visita às feiras aos fins de semana, por exemplo. Bia também é muito atuando na comunidade evangélica que frequenta.


Bia diz estar preparada para a corrida eleitoral e credita às atividades físicas o entusiasmo para enfrentar uma rotina corrida. Hoje, ela faz musculação, mas pensa em acrescentar o cross fit. Ela já foi jogadora de basquete federada. Chegou a treinar pelo Vasco, na capital. Segundo ela, essa garra e espírito competitivo vem da principal plataforma pra campanha de 2024: a força feminina. "Isso é mal de mulher", concluiu, gargalhando.


No próximo episódio, no dia 23/11, o Verdades com a Ana ouve o prefeito de São Pedro da Aldeia, Fábio do Pastel.


95 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page